O pequeno peixe

Olá Pessoal !!! Recebi este texto por e-mail, e mesmo este Blog só falando de Guppies, gostaria que esse texto fosse repassado a várias pessoas. Por isto, o coloquei aqui, achei interessante ser lido. Sempre se lembrem da moral desse texto antes de deixarem de fazer algo. Leiam e comentem sobre o que acharam. Abraços



Era uma vez, um lindo aquário, enorme, onde havia muitos peixes de vários tipos e tamanhos. Na parte de cima do aquário estavam os peixes maiores, pois a comida, quando caía na água, era para eles, que vinham primeiro. Então, os peixes de cima estavam sempre satisfeitos, pois nunca lhes faltava comida.

Na parte intermediária, estavam os peixes de porte médio. Também havia para eles muita comida. Era o que os grandes peixes da parte de cima não comiam. Mas não havia tanta comida assim para que estes pudessem ficar grandes.

Na parte de baixo estavam os pequeninos peixes. A comida que eles tinham para comer mal dava para mantê-los vivos, pois o pouco que lhes vinha era a sobra dos de cima.

Nesse ambiente, nasceu um pequenino peixe. Ele não se conformava com aquela situação. Certo dia, encontrou um pequeno buraco, numa parte obscura do aquário. Ficou pensando onde aquele buraco iria levá-lo, pois tinha uma grande esperança a vida do lugar onde morava. O pequenino peixe, então, resolveu passar pelo buraco e ver onde ia parar. Encontrou um fio de água que o levava para um ralo, do ralo caiu em um encanamento, e foi parar em um rio.

Observou aquele lugar e viu que era maravilhoso: não faltava comida, tinha espaço suficiente para nadar e ir onde quisesse. Mas o pequenino peixe pensou em seus amigos do aquário e resolveu voltar para dizer a respeito do lugar maravilhoso que encontrou. Indo de volta pelo caminho, chegou ao aquário e começou a falar com todos sobre o lugar maravilhoso que havia encontrado. Todos os peixes começaram a ficar curiosos e questionaram o que deveriam fazer para chegar ao local. Foi quando o peixinho falou:

- Os peixes grandes da parte de cima deverão mudar de lugar. Terão que vir para a parte de baixo para perder peso e, assim, poder passar pelo pequeno buraco. Os peixes da região intermediária deverão alimentar-se menos para perder um pouco de peso também. E os peixes de baixo deverão alimentar-se um pouco mais para obter forças e seguir viagem.

A confusão dentro do aquário começou, com muita discussão, muita discórdia, e alguns começaram a se revoltar contra o pequeno peixe. Depois de muita briga, de pontos de vista diferentes, os peixes tomaram uma decisão: resolveram matar o peixinho que havia causado tanto transtorno àquele lugar.

MORAL: Quando surgir uma nova oportunidade de crescimento em nossa vida, não devemos considerá-la como uma ameaça. Não "mate" as portas que se abrem à sua frente.

1 comentários:

  1. ant atomic disse...:

    Muito bom esse texto. Isso vale para muitas pessoas, é uma lição de vida. Parabéns pela escolha.